Blog Um Ser Pensante

expondo o que pensa e sente, enquanto vive...

fixo

Os 10 assuntos mais polêmicos da atualidade

As ilustrações pertencem ao site Um Sábado Qualquer

Já vi “top 10” de tudo quanto é coisa, acho que vou criar minhas listas também. E por minhas, entenda-se: por mais que eu tenha me esforçado em ser imparcial, trata-se de um artigo pessoal.

A primeira que me vem a cabeça são os assuntos mais polêmicos da atualidade. Aquele tipo de assunto para o qual ninguém tem resposta, ou todo mundo tem resposta mas elas nunca “batem” entre si — aí, não raro são as pessoas que acabam batendo umas nas outras quando falam sobre tais assuntos. Protestos, distúrbios, guerras, debates, surgimento e queda de leis, dogmas, pesquisas científicas, fraudes, interesses financeiros e políticos são movidos, causados, sustentados em torno dos ítens dessa lista.

Perguntas sem resposta
Perguntas sem resposta

Porém, irei descartar aqui questões onde a resposta correta, mais aceitável ou mais razoável seja clara, mas alguns setores e grupos específicos insistem em demoverem-se de suas posições. Exemplos são as questões sobre igualdade de direitos, seja em relação a raça, sexo ou sexualidade. Quer dizer, pra mim é óbvio que negros, brancos, índios, homens, mulheres, homossexuais e heterossexuais possuem direitos e deveres básicos, especialmente o direito de serem respeitados como todo ser humano — e de respeitarem também. Portanto, não há “polêmica” aqui, mas a luta em conquistarem aquilo que muitos sabem que lhes é direito mas alguns grupos e setores específicos da sociedade não aceitam. E, convenhamos, em alguns casos o objetivo já foi alcançado ou está muito próximo de sê-lo.

Também considero que todos os assuntos aqui são importantes para reflexão, pois envolvem a vida de muitas, senão todas, as pessoas no mundo. O mundo está longe de ser uma maravilha, e todos nós somos responsáveis pelo que acontece, pelo que não acontece, pelo que evitamos que floresça e pelo que deixamos acontecer:

Quem ocupa o trono tem culpa
Quem oculta o crime também
Quem duvida da vida tem culpa
Quem evita a dúvida também tem
Engenheiros do Hawaii – Somos Quem Podemos Ser

Tendo isso em consideração, listo agora os assuntos onde as respostas não são tão claras, deixando muitos seres pensantes confusos na hora de posicionar-se a respeito. Por ordem crescente de polêmica:

10) Maconha – e então, legaliza já ou não? São muitos os componentes que fazem desse assunto uma mistura explosiva: o fato de ser “uma erva natural”, utilizada inclusive por povos antigos, suas alegadas propriedades medicinais, o combate ao tráfico, o potencial de deixar ainda mais alienada uma sociedade já abalada pelo vício em cigarro, álcool e outras substâncias que alteram o estado natural da mente, as suas propriedades não tão medicinais e, especialmente, a falta de pesquisas científicas conclusivas sobre benefícios e riscos. Eu, pessoalmente, acho a maconha simplesmente dispensável (ver o artigo A Festa da Vida), assim como qualquer substância com a exclusiva finalidade de alterar o estado de consciência; mas, enfim, nem por isso posso deixar de considerar a relevância do assunto para outros seres pensantes.

ET's existem?
ET’s existem?

9) Vida inteligente fora da Terra – pela influência que este assunto pode ter em outros itens desta lista, incluo a questão da existência de vida inteligente fora da Terra nesta lista. De um lado, fraudes, fanáticos e, principalmente, a falta de evidências realmente conclusivas — ou ao menos que possam convencer boa parte dos bilhões de habitantes da Terra. De outro, as “pistas circunstanciais” (como as citadas no livro “Eram os Deuses Astronautas” e em teorias como a dos Annunakis) em ruínas de povos antigos, e a própria imensidão do espaço que, como dito no filme “Contato” (com Jodie Foster):

mas se só nós existirmos, seria um terrível desperdício de espaço

8) Pena de morte – insegurança, violência, direitos humanos, crimes hediondos, despesas com a manutenção de criminosos considerados irrecuperáveis, dúvidas quanto ao efeito da punição na redução da marginalidade, a possibilidade de reincidência do crime, fatores psicológicos e psiquiátricos. Questões religiosas, filosóficas, científicas e práticas contra e a favor da pena de morte fazem deste um assunto, na minha opinião, digno de figurar neste top 10.

7) Criação x Evolução, cobras e (grandes) lagartos – desde Darwin e “A Origem das Espécies”, os ateus ganharam um grande reforço argumentativo: a possibilidade de que não seja necessário um ser superior para o surgimento, diversificação e desenvolvimento dos seres vivos. Porém, a Teoria da Evolução tem sido motivo de grandes controvérsias mesmo na comunidade científica, fato que culminou recentemente no surgimento de uma linha científica criacionista: a Teoria do Design Inteligente. Embora a Teoria da Evolução faça vir a minha mente a imagem de um grande queijo suíço (cheio de buracos), na minha modesta opinião, a questão da origem das diversas formas de vida está muito longe de ser resolvida.

Para completar: ao usar a expressão “cobras e (grandes) lagartos”, refiro-me à serpente do Jardim do Éden (criação) e aos dinossauros (evolução – caberiam na Arca de Noé?), respectivamente.

6) Aborto – outro assunto em que eu simplesmente não consigo fechar uma opinião, pois há bons argumentos contra e a favor, além de questões relacionadas em que não há respostas conclusivas nas quais basearmos nossa decisão. Liberdade sexual da mulher, quando a vida se inicia, o direito à vida, casos de gravidez decorrente de estupro, princípios humanistas e/ou religiosos, as consequências para a mulher e também para o feto/criança; estes são apenas alguns fatores que fazem do aborto uma questão complexa.

5) Amor e sexo – o que é o Amor? Ele existe? É possível defini-lo? Se existe, nós somos capazes? Quando? Como? Onde entra a atração física? A Amizade? Necessidades e instintos sexuais básicos, as diferenças entre homens e mulheres, as influências sociais – como cultura, religião, educação e mídia, as “regras”, os papéis, sedução, conquista, fidelidade, paixão, “amor platônico”, obsessões, perversões, a “duração do sentimento”, os tipos “modernos” de “relacionamento” (cada vez mais fugazes, diga-se de passagem). Tá bom ou quer mais?

Assim como nosso corpo é equipado com um aparelho respiratório, digestivo, nervoso e outros, também temos um aparelho reprodutor e “o ser humano é um ser social”. Logo, amor e sexo são assuntos fundamentais para a Humanidade, que, conforma o tempo passa, gera milhões de perguntas — e muitas respostas diferentes para cada uma delas.

Meu pensador favorito a respeito: Erich Fromm.

Jesus, Moisés, ainda virá?
E aí, alguém se arrisca?

4) Religião – Jesus Cristo declara explícitamente: “eu sou o caminho, a verdade e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim”. A palavra tao, do Taoísmo, significa “Caminho”. A Doutrina Secreta reivindica a posição de religião original. Arqueólogos dizem que existem religiões mais antigas que as atualmente mais relevantes, das quais essas últimas não são senão cópias mal feitas. Ressurreição (única) x reencarnações (sucessivas), conflitos culturais, a utilização das religiões com finalidades políticas e de manipulação social, as diferentes interpretações de um mesmo livro religioso que dão origem a diversas denominações religiosas, o questionamento do papel das instituições religiosas, guerras santas. Assim como outros assuntos dessa lista, são inúmeros os fatores que fazem da religião um dos assuntos mais complexos e polêmicos da atualidade.

3) Capital x social: do bate-boca-de-urna aos milhões de mortos – Toda eleição no Brasil é a mesma coisa. Desde que o Lula nasceu, a revista Veja já fazia matérias dizendo que ele era a besta que veio pra afundar o país. Um terço do país acredita (a metade que mora em SP e sua zona de influência – PR, SC, MS e GO), um terço acredita que não, e um terço fica indeciso. Nessa última eleição quase houve uma guerra civil entre São Paulo e o Nordeste, como se o José Serra fosse o Messias que veio para implantar a Nova Jerusalém no Brasil. Aí também já começam a falar de “comunismo”, de Fidel Castro, os esquerdistas não deixam por menos e passam a folha corrida dos Estados Unidos na História. Tem gente que acredita que só é pobre quem quer e acha que “a solução é alugar o país”, tem gente que acredita que o capitalismo nunca dará oportunidade para todos, mas também já entra a União Soviética no bate-boca e, como ela não existe faz tempo, assume-se como prova de que o “comunismo” e qualquer outro posicionamento que coloque o social acima do capital nunca terá sucesso. Saindo dos bate-bocas, temos pensadores de verdade — não, o Diogo Mainardi não, por favor — dos dois lados: Smith, Keynes, Ford, Taylor e Drucker de um lado (o direito, claro), Marx, Trótsky, Rosa Luxemburgo, Fromm e Chomsky de outro (claro, o esquerdo). E quando tudo parecia caminhar para o total triunfo do capitalismo, o improvável acontece: correntes socialistas tomam conta de quase toda a América Latina (Brasil, Paraguai, Venezuela, Equador, Argentina, e Cuba, lógico) e surge inclusive uma nova alternativa: a sociedade baseada em recursos de Jacque Fresco, divulgado pelo Movimento Zeitgeist. E por tudo isso ainda se mantêm viva a pergunta: capital ou social?

2) Personalidade humananatureza, comportamento e influências: por que existe tanta maldade, tantos crimes e acontecimentos grotescos no mundo? Qual é a parcela de culpa do sistema? Da sociedade? Da genética? Da educação? Da nossa individualidade? A maldade é componente irreparável da natureza humana? Ou é apenas comportamento aprendido e influenciado pelo sistema em que vivemos? O que cada um pode fazer? Somos pecadores inatos ou podemos “evoluir” por meio de aprendizado e meditação (veja a ligação com o 4º tema)? O mundo faz o homem, ou o homem faz o mundo? Ou ambos? Ou nenhuma das opções? Um dia poderemos mudar o mundo? Melhorá-lo? Ou estamos fadados ao fracasso? Religião, Sociologia, Genética e Psicologia estão envolvidas em mais esse tema polêmico para o qual nem todas as respostas podem estar corretas.

1) Deus – este tema permeia, de forma mais ou menos direta, todos os outros itens dessa lista. Fomos criados por um ser superior ou saímos de uma “sopa primordial”? Somos pecadores inatos ou podemos “evoluir” por meio de aprendizado e meditação (veja a ligação com o 4º tema e o 2º tema)? Qual é a verdadeira religião, já que não existe possibilidade de todas serem verdadeiras? Deus nos criou a sua imagem e semelhança, ou nós o criamos como resposta a tudo que ainda não desvendamos? Ou ainda, eram os deuses astronautas? Se acontecem coisas para as quais não existe explicação senão o poder de um deus, porque ele simplesmente permite milhões sofrerem nas mãos de poucos, como no nazismo, no Bangladesh ou na África? Seria ainda a idéia da existência de um deus apenas a criação de pessoas gananciosas que fazem o que querem do mundo enquanto a grande maioria espera “de boca aberta” pelo “salvador”? Eis um tema que para muitos, inclusive a mim, foge ao escopo do pensamento racional, embora História, Arqueologia, Teologia e outras ciências possam ajudar a nos dar um mínimo de orientação.

Eis então a minha lista dos 10 assuntos mais polêmicos da atualidade — sendo que alguns ítens figuram em qualquer lista do tipo em qualquer época.

E você, alguma sugestão? Discordância? Observação? Empolgou-se em ver algum item na posição certa? Comente, discuta, compartilhe. Somente lembre-se que são apenas resumos aqui, se eu fosse me aprofundar em cada item, eu nunca terminaria o artigo.

Abraços,

Um ser pensante.

12 comments
RicCG
RicCG

sobre a maconha: apesar do grande desfoque para tal, a proibição da maconha pode ter sido proibida por meados de 1920 para que houvesse a diminuição da produção do cânhamo e que o mesmo fosse substituído por produtos sintéticos, cuja qualidade é inferior... Não vou falar mais sobre o assunto para não dar spoillers para aqueles que pesquisarão sobre o assunto. Eu particularmente apoio a liberação da maconha relacionando esta ao cânhamo.

Juvenal Dionizio de Souza
Juvenal Dionizio de Souza

As interpretações diversas da bíblia, ela mesma responde em II Pedro. Paulo escreveu que: Jesus Cristo ressuscitou como primícia. No meu ponto de vista há fortes evidências de vidas sucessivas.

Nilson Neto
Nilson Neto

na minha opinião, sobre a evolução, fere leis da verdadeira ciencia demais para ser veridica (entre os proprios evolucionistas existem seticos). sobre os ufos, mesmo que existe-se vida inteligente fora da terra uma viagem por milhares, talvez milhões de anos luz seriam inviavel, eu ainda acho o aborto mais um tipo de assacinato, Deus é a maior prova da propria existencia e se não a Biblia é a maior prova de Deus, e o artigo foi super interessante!

caedmar
caedmar

 @UmSerPensante claro que voçê tem minha permissão! será um prazer poder contribuir com uma questão tão importante para a sociedade.Um abração :)  

UmSerPensante
UmSerPensante

É isso aí jessica , esse é o objetivo do artigo :-) Um abraço, obrigado por participar

UmSerPensante
UmSerPensante

Oi @atena , eu incluí o tema que você sugeriu na segunda lista de assuntos polêmicos  :-) Um abraço!!!!

UmSerPensante
UmSerPensante

 @caedmar  olá @caedmar, em primeiro lugar, obrigado por se interessar pelo artigo e contribuir com seu comentário. Bom, o espírito é esse, são assuntos polêmicos que envolvem muitas questões... o meu objetivo aqui foi apenas reunir os mais importantes e dar algumas direções iniciais para discussão, ou, dizer porque o assunto é polêmico. No futuro, pretendo abordar cada assunto separadamente, com mais detalhes, e aí sim dizer o que eu penso sobre cada um. Também incluirei, claro, os argumentos das pessoas que comentarem cada assunto. Os pontos que você colocou na discussão são importantes... se você não se importar, gostaria de citá-los quando eu escrever o artigo específico sobre o tema. Tenho sua permissão?   Um abraço e mais uma vez obrigado :-)

caedmar
caedmar

muito bom;mais em relação à pena de morte, temos que vê também que ainda existe uma grande falta de profissionalismo por parte de policiais e outros membros da nossa "segurança pública".Um bom exemplo disso são os policiais corruptos que aceitam suborno ou cobram propina.Sem falar também nos vários casos de injustiça que agente presencia com bastante frequência, injustiças essas como; Agressão de policiais à pessoas inocentes, prisão indevida, abuso de autoridade, e é isso que agente presencia todos os dias em nossa sociedade, uma sociedade em que a "justiça" não passa de uma farça!

Jessica Mayara
Jessica Mayara

realmente todos estes assuntos são, muito comentados, e causam polemica, dão um "nó" na cabeça de muita gente, pelo simples fato de que somos seres pensantes, cada um com uma forma de pensamentos, porem, muitos, mesmo que inconcientemente, tem a mesma base formadora de opinião, e talvez ai um certo preconceito com o diferente, porem em tudo tem um sentido, cada um com a sua razão de ser,

Atena
Atena

Acrescento: as teorias conspiratórias estão com a razão, o que dizem são fatos, mesmo? rsrs Divirto-me muito com isso quando navego pela pela web. Adorei ler a carta do Roger Waters. Fiquei deliciada ao saber que Wagner Moura não suporta o - insuportável Diogo Mainardi (aliás fiz um post chamado "Os espíritos de porco" por causa dele). Assisto o Manhattan Connection toda semana porque gosto da cabeça do Ricardo Amorim e me divirto com o Caio Blinder, sem falar que fico por dentro das fofocas políticas americanas, mas tenho de aturar a besta crônica do Mainardi. Aff!