Blog Um Ser Pensante

expondo o que pensa e sente, enquanto vive...

fixo

Vida: a maior festa da história!

Horário: qualquer
Local: qualquer
Informações: dentro de si mesmo, mas amigos (de verdade), livros, filmes e inúmeros pontos de informação espalhados pelo mundo todo podem ser úteis.

Atrações:

A luz do sol

O nascer do Sol, sua luz, seu calor. O som do vento entre as árvores, com as cores e fragrâncias de suas flores, o sabor de seus frutos, o canto de um pássaro.

O sorriso de um bebê

O sorriso de um bebê, a espontaneidade de uma criança, a lealdade de um amigo expressa num abraço, as histórias e a sabedoria dos mais idosos.

Os detalhes de um prédio antigo, de uma obra de arte, de um solo de guitarra, de um livro de suspense, um desenho animado ou um filme de amor.

Um abraço

Aquelas conversas em que o tempo parece parar, até que se percebe que o dia inteiro se passou. O aconchego nos braços do seu namorado, o cheiro gostoso dos cabelos da sua esposa após o banho. As reprimendas do seu pai, enquanto ele faz aquele café que só ele sabe fazer. A preocupação sem medida da sua mãe, que quer saber se você não vai voltar a tempo de saborear aquele jantar cujo tempero só ela conhece. A bagunça, a gritaria dos seus filhos e sobrinhos, tentando chamar sua atenção.

Entardecer

O pôr do Sol, que pinta o céu com os mais harmoniosos matizes que precedem o luar e as estrelas, revelados pela noite que se segue.

Família

As lembranças de bons momentos do passado, em fotos, vídeos, ou apenas memórias, volta e meia compartilhadas numa roda de amigos e parentes. Alguns já se foram, mas não se foram. A satisfação de conseguir relembrar os erros que hoje você não comete mais, pois tornou-se um ser humano melhor.

Os planos e sonhos que vêm à sua alma quando você fecha os olhos, a satisfação e a grande alegria de estar concretizando mais um deles. O gostinho de saber que o dia de realizar o próximo sonho, mais cedo ou mais tarde, irá chegar.

O que você pensa, o que você sente.

O que você é.

Feche os olhos para apreciar sua própria respiração, no calmo som do silêncio. Ou olhe em volta do ambiente cheio de luzes, sons e pessoas no local que você escolheu para sair à noite.

Mas neste último caso, apenas não se esqueça que esta festa é apenas uma festa.

Parte de uma festa muito maior, que se iniciou muito antes de você nascer, e que não tem hora para terminar.


A Festa da Vida!
Horário: qualquer
Local: qualquer
Informações: dentro de si mesmo, mas amigos (de verdade), livros, filmes e inúmeros pontos de informação espalhados pelo mundo todo podem ser úteis. Caso ainda tenha dificuldades em se informar, procure o psicoterapeuta (competente) mais próximo.


Caros seres pensantes,

É apenas por isso que eu não acho necessário os conhecidos exageros que acontecem em certos tipos de “festa” com os quais estamos acostumados a conviver. Olhem quanta coisa a Vida por si mesma nos oferece!

É mesmo necessário beber até cair e vomitar?

É mesmo necessário se matar para legalizar ou não a comercialização dessa ou aquela substância?

É necessário se entregar à vícios?

É necessário renunciar à própria liberdade, em troca de “sensações agradáveis” que têm preços e locais estipulados, curtos períodos de duração, reações adversas a curto, médio e longo prazo?

É necessário se “divertir” de maneiras que certamente irão incomodar muitas pessoas à sua volta?

Deixo apenas a minha argumentação: que cada um responda as perguntas a si mesmo.

Um abraço deste ser pensante…

3 comments
FelipeSato
FelipeSato

Bom dia, excelente texto, muito forte e verdadeiro... Estou fazendo um trabalho de iniciação científica na minha faculdade, estou no 3 ano do curso de Direito e gostaria de pedir permissão para citar o seu texto com referência ao seu blog e tudo mais... Obrigado, Felipe Sato.

UmSerPensante
UmSerPensante moderator

@FelipeSato , olá, obrigado pelo seu comentário, e com certeza tem minha permissão sim! Gostaria muito de ver o seu trabalho também depois de pronto, qual é o assunto?

Qualquer coisa me escreva no umserpensante@hotmail.com 


Abraço,

"um ser pensante"